quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Foto da Semana(05/12)

Nosso futuro lar : Mirante Bonsucesso , entrega em Maio de 2009 , vai ser um condomínio fechado com piscina , churrasqueira , playgraund , 2 salões de festa (adulto e infantil), brinquedoteca , casa do tarzan , pista de skate, trilha pra caminhada , quarda esportiva , salão de jogos ...sei lá sei que são 25 áreas de lazer . Compramos quando estava grávida de 7 meses , pensamos na Samantha .
Papai e Samy , na sala Eu , toda boba!

Quase pronto


A planta .Ainda tenho mais uma aréa privativa , um jardim porque o meu é no térreo .



A entrada




Casa do tarzan






Academia ao ar livre






A faixada






quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Como trocar o bebê ( sem enlouquecer antes !)



Já tentou colocar roupinhas em um polvo vivo sem machucar a criatura e sem amarrar os seus membros? Pois é , me sinto assim toda vez que preciso trocar uma fralda da Samantha . A coisa toda se complica depois do banho , ela não quer engatinhar , mas parece uma minhoca , não fica quieta . Levo cada sopapo , chutes ...e rola daqui e rola de lá , tenho que ter 500 brinquedos ou coisa curiosas à mão pra ver se consigo distraí-la enquanto ponho a roupa . Depois do banho é assim : eu toda molhada , suada e cansada . Não fosse o cansaço , nem ligaria muito , pra ela o banho é uma farra , mas já está perigoso usar o suporte pra apoiar a banheira . Ai minha coluna ! Vou ter que dar banho no chão agachada


Dicas de como cuidar de um bebê de 1 ano!

"Para os que já tiveram filhos, para os que pretendem ter e para os que terão + 1! Exercícios práticos para treinamento de futuros papais e mamães:(O grau de dificuldade de cada exercício é equivalente a tratar de uma criança com um ano de idade):

Vestindo a roupinha:Compre um polvo vivo de bom tamanho e vá colocando, sem machucar a criatura, nesta ordem: fraldas, macaquinho, blusinha, calça, sapatinhos, casaquinho e touquinha. Não é permitido amarrar nenhum dos membros. Tempo de execução da tarefa: uma manhã inteira.

Comendo sopinha:Faça um buraquinho num melão, pendure o melão no teto com um barbante comprido e balance-o vigorosamente. Agora tente enfiar a colherinha com a sopa no buraquinho.Continue até ter enfiado pelo menos metade da sopa pelo buraquinho. Despeje a outra metade no seu colo. Não é permitido gritar. Limpe o melão, limpe o chão, limpe as paredes, limpe o teto, limpe os móveis à volta. Vá tomar um banho. Tempo para execução da tarefa: uma tarde inteira.

Passeando com a criança:Vá para a pracinha mais próxima. Agache-se e pegue uma bituca de cigarro. Atire fora a bituca, dizendo com firmeza: NÃO. Agache-se e pegue um palito de picolé sujo. Atire fora o palito, dizendo com firmeza: NÃO. Agache-se e pegue um papel de bala. Atire fora o papel de bala, dizendo com firmeza: NÃO. Agache-se e pegue uma barata morta. Atire fora a barata morta, dizendo com firmeza: NÃO. Faça isso com todas as porcarias que encontrar no chão da pracinha. Tempo para execução: o dia inteiro.

Passando a noite com o bebê:Pegue um saco de arroz e passeie pela casa com ele no colo das 20 às 21 horas. Deite o saco de arroz. Às 22:00 pegue novamente o saco e passeie com ele até às 23:00. Deite o saco e vá se deitar. Levante à 1:30 e passeie com o saco até 2:00. Deite o saco e você. Levante às 2:15 e vá ver a sessão corujão porque não consegue mais pegar no sono. Deite às 3:00.Levante às 3:30, pegue o saco de arroz e passeie com ele até às 4:15.Deitem-se os dois (cuidado para não usar o saco de travesseiro). Levante às 6:00 e pratique o exercício de alimentar o melão.

É permitido chorar.

Repita tudo o que disser, pelo menos cinco vezes.Repita a palavra NÃO a cada 10 minutos, fazendo o gesto com o dedinho.

Gaste uma parcela significativa do seu orçamento com leite em pó, fraldas, brinquedos, roupinhas.Passe semanas a fio sem ir ao cinema, sem beber, sem sair com amigos.

Não é permitido enlouquecer!"

As dicas são boas ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Foto da Semana ( 04/12)


Olha eu aí na primeira vez que mamãe me viu ! Ela ficou emocionada , eu sei , eu senti isso , fiquei com vergonha e tentei esconder o rosto com as mãos , tinha um homem lá que eu não conhecia , sabe ? Mas o outro era meu papai , todo orgulhoso !
Nessa época tinha muito espaço na barriguinha da mamãe , então eu virava de um lado para o outro tentando me esconder , foi ilarário ! Quem via mamãe nem dizia que ela estava grávida ...mas eu estava lá ,brincando , muito feliz . Como eu gostava de pôr as mãozinhas no rosto e na cabeça , bem , até hoje eu faço isso .Aliás só durmo assim , com as mãos no rosto ou coçando a cabeça , igualzinha a meu papai , mamãe se diverte muito com isso e acha a coisa mais linda !

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Como tirar manchas da roupa do bebê

A Samantha come super bem , mas tem horas que fica fazendo charme pra comer . Então eu fecho os olhos pra sujeira e deixo ela fazer "lambança" com a comida , resultado: come tudo ! Mas também suja tudo , cara , casa e roupa que ficam com manhas de alimentos .
a cara de felicidade dela fazendo lambança
Resolvi testar o Ariel líquido nas roupinhas dela, tirou todas as manchas e deixou as fraldas mais brancas. Ótimo produto , eu recomendo, tirou as manchas sem ergarçar as roupas inclusive as coloridas . Eu já usava o sabão em pó , agora uso o líquido também .

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Tá explicado: Alergia !

Eita piscina gostosa !

Bem como eu mencionei antes a Samy tava com diarréia hà vários dias, os exames não deram nada , então eu lembrei que as diarréias começaram com a introdução de um novo alimento : a gema de ovo . Segui a orientação do pediatra e dei somente um pedacinho da gema , foi o suficiente pra desencadear novamente a alergia da Samantha ao leite de vaca . Resumindo , estou proibida novamente de tomar leite de vaca por causa da amamentação e a Samy não volta a experimentar gema de ovo até completar um ano . É , filhota , já era seu danoninho ( de vez em quando eu dava peti suisse pra ela).

Ela melhorou bastante tinha perdido peso ,mas , já tá recuperando . Tadinha da minha gatinha deve ter sentido dores de barriga, como ela não costuma chorar nem resmungar , pensei que estava tudo bem , mas agora vejo que não . É outra criança , tá mais brincalhona e sorridente , esperta que só vendo. Aprendeu a estalar a língua pra chamar o cachorro, fica um bom tempo treinando a novidade , ontem eu acordei e ela estava no berço estalando a língua ...uma figura ! Depois de muitos papás finalmente tá treinando falar mamã , ás vezes sai , outras não , não sei se é mamãe que ela tenta falar ou se é mamar , mas não tô nem aí , ela só fala mamã pra mim , aguenta coração ...

Um pouco sobre o problema da Samantha:
Alergia ao leite da vaca
Muitas mamães não devem entender como pode uma criança ter alergia ao leite. Tenham calma. A alergia não é ao leite materno, e sim à proteína encontrada principalmente no leite de vaca.
Um bebê alérgico à proteína do leite de vaca e que está em aleitamento materno exclusivo pode apresentar sintomas de alergia caso a mãe se alimente de leite de vaca e seus derivados.
O motivo é simples: a proteína alergênica passa para o leite materno e chega até o bebê causando alergia. Basta a mamãe evitar esse tipo de alimentação que a alergia do bebê passará.
Esse tipo de alergia ocorre em 2 a 5% das crianças e normalmente inicia-se após o desmame. Com o tempo, o sistema imunológico desenvolve tolerância à proteína do leite.
Ao fim do primeiro ano, 50% das crianças não apresentam mais alergia, 75% aos dois anos e próximo a 90% com 3 anos de idade. As crianças que ficam alérgicas após os três anos de vida têm a tendência de ficar alérgica por mais tempo.
As causas da alergia à proteína do leite de vaca são predisposição genética (quem tem histórico de alergia na família é mais vulnerável a ter também), introdução precoce de alimentos alergênicos, como
leite de vaca e ovo, sem que o sistema digestivo do bebê esteja preparado para recebê-los. Os bebês têm o sistema imunológico imaturo e dependem muito dos anticorpos do leite da mãe.
Como combater a alergia - A amamentação exclusiva até os seis meses de vida do bebê prepara o bebê para receber os novos alimentos. É o período que o sistema digestivo amadurece e o sistema imunológico recebe os anticorpos da mamãe, já produzindo a própria defesa também.
Os sintomas são diversos e por isso o diagnóstico da alergia é tão difícil. Ocorrem reações no sistema gastrointestinal (cólica, vômitos, diarréia), na pele, como vermelhidão e coceira, no sistema respiratório (espirro, tosse, nariz escorrendo), irritabilidade, infecção no ouvido, choque anafilático, entre outros.
Os sintomas podem ocorrer imediatamente ou até várias horas ou dias após a ingestão do leite. Quanto mais rápida é a reação, mais fácil de fechar o diagnóstico.
O tratamento da alergia consiste em retirar da alimentação a proteína causadora da reação. Em bebês não se pode “experimentar” alimentos substitutos que podem não causar a alergia. O ideal é ir direto para fórmulas que contenham proteínas hidrolizadas recomendada pelo médico. Essas fórmulas têm um custo elevado, mas com grande probabilidade de resolver o problema.
Já em crianças maiores de dois anos, pode-se introduzir alguns alimentos substitutos do leite de vaca, entre os quais o leite de soja.
Existem alguns testes que são realizados para diagnosticar a alergia, como a supressão do alimento - retira-se o leite da alimentação, depois que os sintomas melhorarem reintroduz o alimento e verifica se os sintomas reaparecem. Caso isso aconteça, a alergia está diagnosticada. Há os testes de pele e de sangue.
Se houver necessidade de retirada do leite da alimentação da criança, procure orientação médica e nutricional para que o leite seja substituído por outros alimentos que sejam fonte de cálcio e vitaminas encontrados no leite de vaca.
Dicas
Amamente seu bebê exclusivamente até os seis meses de vida. Mamãe que se alimenta de derivados do leite da vaca, podem “passar” a alergia ao filho no leite materno.
Caso o desmame seja necessário, faça-o sempre com orientação médica.
Alergia ao leite de vaca não é o mesmo que intolerância à lactose. Intolerância é causada pela falta de enzima no intestino que digere o açúcar do leite, isto é, a lactose.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Foto da Semana (03/12)


Como podem ver essa eu "perdi" pra família do papai , só o que tem de mim são os olhos castanhos !( não podiam serem verdes como os do papai ? (kkkkkkkkkkk)

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Bicho Preguiça


Outro dia , lendo o blog da Juju , vi que ela chamou sua filhinha Clara de menina macaca, quase morri die ri . Bem , se tivesse que definir a Samantha como um bicho ela seria um Bicho preguiça !

Isso mesmo ! Bicho preguiça , ela tá muito na dela "paradona" , não é falta de capacidade de sentar sozinha e engatinhar , pois ela é dura feito um prego , simplesmente ela não tem vontade. Percebo isso quando ela vê o cachorro ou o gato , fica doidinha querendo ir atrás deles ,nem percebe o esforço que faz , uma hora dessas ela sai engatinhando atrás deles e nem percebe !

Samantha tá mais pra ovo do que pra pinto ! Por ela eu passava o dia com a dondoca embaixo do braço , chocando !

Ela até tenta sentar sozinha . Aliás vem tentando isso desde os quatros meses , só que do jeito errado , ela não apóia o corpo nos braços , tenta se levantar ergendo só o peito , coitada , a gente que é adulto faz um esforço imenso tentando levantar assim (kkkkkkkkkkk). Bem o resultado disso é que ela acaba fazendo abdominais (sem querer é claro) tá perdendo barriga ( mimata!).
Fora isso anda me deixando preocupada , tem tido diarréias ha mais de uma semana , tô dando bastante água de côco pra ela ,ninguém merece tomar aquele soro (intragável) claro ela amou a novidade , bebe como se fosse o leitinho .Graças a Deus não perdeu o apetite , tá comendo tudo que prende o intestino , mas a diarréia não passa , fizemos exames , o resultado sai amanhã ..se não for outra virose é bem capaz que seja verme , outro dia peguei ela comendo papel , pode um negócio desse?!"

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

O que será que acontece com um bebê que é abortado?

Junto com a foto da semana vou publicar também uma curiosidade ,alguma coisa que me chame atenção , tem gente que gosta de perder tempo assistindo tv , eu gosto de gastar um tempinho "fuçando " na net , pra descontrair sabe ?! Hoje me deparei com um assunto que me chocou . Queria eu que o mundo fosse um belo retrato de crianças felizes ... uma vida sem problemas , mas , não é bem assim , ao nosso redor acontecem coisas , que pessoas ' normais ' como eu nem imaginam , o pior do ser humano seu lado mais obscuro favorecem situações bizarras e dignas de todo desprezo . O motivo ? O de sempre , dinheiro , pura ganâcia .

Quem não tiver estômago forte ou não estiver bem emocionalmente , não leia o resto da matéria . É muito forte tamanha friesa e crueldade , meu estômago revirou enquanto lia este artigo ,não jugo ninguém , não me cabe isto ,mas na minha cabeça nunca se passou tamanha mostruosidade ... estou chocada ,como alguém que pratica tal coisa consegue levar uma vida normal .



Sabonetes e produtos de beleza feitos com fetos comprados em clínicas inglesas de aborto

"UMA HISTÓRIA REPUGNANTE"
De Carlos Heitor ConyArticulista e cronista ateu.Artigo sobre produtos de beleza feitos à base de fetos comprados em clínicas inglesas de abortoPublicado na Folha de São Paulo - Sexta-Feira, 11 de abril de 2008 - Página E19.

“Dois jornalistas ingleses, Michel Litchfield e Susan Kentish, fizeram há tempos uma ampla pesquisa sobre a indústria do aborto em Londres. O resultado foi um livro que causou espanto e merece, ao menos, uma reflexão de todos os que se preocupam com o assunto.


"Babies for Burning” (Serpentine Press, London) não é um ensaio sobre o aborto mas um trabalho jornalístico sobre o último elo de uma cadeia: o destino final dos fetos que anualmente são retirados de ventres que não desejam ou não podem ter filhos ou “aquele filho”No caso da Inglaterra, já existe uma lei, o “Abortion Act”, de 1967, que permite a interrupção do processo de gravidez pela eliminação mecânica.Os autores souberam, por meio de informações esparsas, que a indústria do aborto, como qualquer indústria moderna, tinha uma linha de subprodutos: a venda de fetos humanos para as fábricas de cosméticos. Durante a Segunda Guerra, os nazistas também exploraram este ramo de negócio: matavam judeus aos milhões e aproveitavam a pele e a escassa gordura das vítimas para uma linha de subprodutos que iam de bolsas feitas de pele humana a sabões que lavavam os uniformes do exército do 3º Reich.Os ingleses não chegam a ser famosos pelas bolsas que fabricam, mas pelo chá e pelos sabonetes – os melhores do mundo.


Um “english soap” sempre me causou pasmo pela maciez, a consistência da espuma, a sensação de limpeza que dá à pele. Não podia suspeitar que tanto requinte pudesse ter - em alguns deles -= as proteínas que só se encontra na carne – e carne humana por sinal. Desde que li o livro, cortei drasticamente dos meus hábitos de higiene o uso dos “bons” e estimulantes sabonetes ingleses. Aderi ao sabão de coco, honestamente subdesenvolvido, com cheiro de praia do Nordeste eficácia múltipla, na cozinha ou no toucador.


Conta os jornalistas:


“Quando nos encontramos em seu consultório, o ginecologista pediu à sua secretária que saísse da sala. Sentou-se ao lado de Litchfield, o que melhorou a gravação, pois o microfone esta dentro da sua valise. O médico mostrou uma carta:


--“Este é um aviso do Ministério da Saúde”, disse, com cara de enfado. “As autoridades obrigam a incineração dos fetos... não devemos vendê-los para nada... nem mesmo para a pesquisa científica... Este é o problema...”


--“Mas eu sei que o senhor vende fetos para uma fábrica de cosméticos e... e estou interessado em fazer uma oferta...também quero comprá-los para minha indústria...”


--“Eu quero colaborar com o senhor, mas há problemas... Temos que observar a lei... As pessoas que moram nas vizinhanças estão se queixando do cheiro de carne humana queimada que sai do nosso incinerador. Dizem que cheira como um campo de extermínio nazista durante a guerra”E continuou: “Oficialmente, não sei o que se passa como os fetos. Eles são separados para serem incinerados e depois desaparecem. Não sei o que acontece com eles. Desaparecem. É tudo”


--“Por quanto o senhor está vendendo?”,


--“Bem, tenho bebês muito grandes. É uma pena jogá-los no incinerador. Há uso melhora para eles. Fazemos muitos abortos tardios, somos especialistas nisso. Faço abortos que outros médios não fazem. Fetos de sete meses. A lei estipula que o aborto pode ser feito quando o feto tem até 28 semanas. É o limite legal. Se a mão está pronta para correr o risco, eu estou pronto para fazer a curetagem. Muitos dos bebês que tiro já estão totalmente formados, vivem um pouco antes de serem mortos.


--Houve uma manhã em que havia quatro deles, um ao lado do outro, chorando como desesperados. Era uma pena jogá-los no incinerador porque tinham muita gordura que poderia ser comercializada. Se tivessem sido colocados numa incubadora, poderiam sobreviver, mas isto aqui não é um berçário.


--Não sou uma pessoa cruel, mas realista. Sou pago para livrar uma mulher de um bebê indesejado e não estaria desempenhando meu ofício se deixasse um bebê viver.


--E eles vivem, apesar disso, meia hora depois da curetagem. Tenho tido problemas com enfermeiras, algumas desmaiam nos primeiros dias”




Agora que já leu , não diga que eu não avisei , a mera idéia de imaginar como se dão os fatos acima , além de repugnância me causa revolta e tristeza....aaaaarf sem comentários......

Foto da semana ( 2/12 )


Curtindo as férias em Intanhaém

Sorteio

Parabéns a Geovana , mamãe do Caio e da Mariana
Pois é coloquei a Samantha pra sortear o número , e ela sorteou o comentário da Geovana gaúcha !
 

Eternamente Mãe | Desenvolvido por EMPORIUM DIGITAL