quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Samantha andou me deixando doida uns dias , não dormia à noite , acordava várias vezes fazendo o maior escandalo , bastava eu pôr as mãos nela e ela voltava a dormir , ás vezes tinha que colocá-la deitada comigo ..mas tão logo percebia que estava no berço acordava berrando .Me vi remetida aos dias de recém-nascida, acordava de hora em hora me chamando ,não adiantava ir o pai ,aí é que ela chorava mesmo .Decidi fazê-la dormir no berço ,sacundindo o bumbum ou pegando na mãozinha dela até ela adormercer...não deu certo! Então passamos um dia fora , fomos pra praia , no apartamento ela teve que dormir na cama no meio de nós dois, passou a noite toda sem dar um piu , quando voltamos pra casa ela estava com tanta saudades do berçinho dela , que abriu um sorrisão quando eu coloquei ela nele , embora estivesse capotando de sono (chegamos em casa já passavam das 24hrs da madruga),depois disso não acordou mais no meio da noite , vai pro berçinho sem reclamar ,ás veses , ela resmunga mas basta ouvir minha viz e ela se vira pra dormir outra vez . que alívio.Achei um artigo que me ajudou no babycenter :
Possíveis dificuldades
Bebês que nunca tiveram problemas para dormir podem, de repente, começar a acordar no meio da noite ou a ter dificuldade para pegar no sono nesta idade. Por que isso ocorre? As dificuldades envolvendo a hora de dormir costumam aparecer junto com a chamada ansiedade da separação -- a criança acorda, sente sua falta e se preocupa que você talvez não volte mais. Elas também podem estar ligadas a importantes marcos de desenvolvimento cognitivo e motor do bebê. Nesta fase, seu filho está aprendendo a sentar, virar de um lado para o outro, engatinhar e, possivelmente, até se apoiar nas grades do berço para ficar de pé. Assim, não é de surpreender que ele não queira parar de treinar as novidades mesmo na hora de dormir, e que até acorde para tentar sentar de novo. O que pode acontecer é que a criança sente e depois não consiga voltar à posição inicial, o que a fará chorar por ajuda. Você tem que ensiná-la a deitar de novo, se acalmar e dormir. A maior parte dos especialistas aceita que a mãe volte ao quarto para verificar se está tudo bem, mas o que fazer depois varia muito. Observação: Esta fase de desenvolvimento não equivale a um estirão de crescimento, por isso mamadas no meio da noite não ajudarão a melhorar o sono do seu filho; elas, pelo contrário, podem prolongar e até agravar o problema. Por mais que pareça que ele está com fome, comer no meio da noite é mais um hábito que uma necessidade. O bebê pode ter gases ou precisar fazer cocô, por exemplo, o que atrapalha o sono. Converse com seu pediatra para receber mais orientações para o caso do seu filho. Dica de um especialista em sono: "Se você costuma pôr seu filho para dormir por volta das 20h30 e, de repente, ele começa a acordar no meio da noite, tente adiantar o horário do sono em meia hora. Por incrível que pareça, funciona."
Algumas estratégias em relação a problemas para dormir
O que fazer quando seu filho não pára de acordar durante a noite (e você sabe que ele já tem idade para dormir a noite toda)?
O primeiro passo é ensiná-lo a ficar bem sozinho -- seja chupando o dedo ou segurando uma fraldinha ou um bichinho. Nesta etapa, a criança tem condições de se acalmar por conta própria, embora você por vezes tenha que ajudá-la a desenvolver técnicas para isso. A maioria dos especialistas concorda que se deve evitar a dependência de certas condições externas à criança para dormir, como música, luz ou comida. Caso contrário, esses elementos se tornarão essenciais todas as vezes que o bebê acordar à noite. E se você põe o bebê acordado no berço e ele começa a chorar? Há várias técnicas para fazê-lo dormir. Uma linha defende que um dos pais fale com a criança, dizendo que está tudo bem e que é hora de dormir, e saia do quarto, mesmo que ela continue chorando. Depois de alguns minutos, volta-se ao quarto para tranquilizar o bebê, mas de novo sem pegá-lo no colo. Os intervalos vão aumentando gradativamente, até que a criança finalmente durma. É o chamado método do deixar chorar. O outro extremo propõe que um dos pais fique com o bebê até ele dormir, transmitindo-lhe toda a segurança de que precisa. Há várias gradações entre essas duas estratégias. O mais importante é manter a regularidade e agir todo dia do mesmo jeito, para que a criança saiba o que esperar. A verdade é que não há um jeito "certo" de fazer seu filho dormir a noite toda. Você tem que escolher um método que se ajuste à maneira de ser de sua família e seja confortável para o seu coração de mãe. Nem todo mundo aguenta ouvir o filho chorar; por outro lado, os hábitos de sono da criança podem estar desestabilizando a família inteira. Os métodos costumam funcionar, depois de algum tempo, mas cada bebê é diferente. Além disso, o "treinamento" não é definitivo: uma mudança de rotina por viagem ou doença, por exemplo, pode levar a situação à estaca zero, e o treino tem de recomeçar.

3 comentários:

Juliana disse...

Oieeee...Muito bacana essse texto!!!É de nos deixar louca né??rsrsrsrs...
Meu método do choro sempre deu muito certo, mas agora tenho q ficar fazendo essas visitinhas noturnas balançando o bumbum dela ou se nao braço mesmo. Mas sempre a deixo fechar o olhinho no berço,mesmo q reclame..afiii...vou tentar me acalmar primeiro, me preparar pras noites longas e ter a paciencia de Jó com ela!!!! Afiii...ô fase né??rsrsrs
Beijocas!! E essa foto de cima está liiiiiiiiiinda!!!
Como falei no post anterior aqui, voce quer outra foto ou alguma do blog dá certo??
Beijocasssssssssssssss

Fabiana disse...

Oi Kicha!

Esses bebês não vem com mamual de instruções né?
Sendo assim passamos por cada uma, temos que nos desdobrar para descobrir o que acontece com eles e dar um jeito pras coisas melhorarem...

Bjs, Fabi

Renata disse...

Esse texto tá bem bom!!!! Com a Helena eu deixo chorar, mas acabo tendo que entrar pois agora ela já se vira muito e tenho que ajeitá-la. Quando isso acontece eu dou a chupeta e o ursinho de novo. Em pouco tempo ela dorme...

Beijos

 

Eternamente Mãe | Desenvolvido por EMPORIUM DIGITAL